Escaladas.com.br

Até o momento, temos 6.748 vias cadastradas em 1358 locais de 360 cidades de 24 estados brasileiros.

Dados da Via Rio de Janeiro > Rio de Janeiro > Perdido do Andaraí > DGM / Pepe Legal

DGM / Pepe Legal Imprimir informações da via
D2 5º VI E2
Cadastrada por: Luciano Bender, em 17-09-2020 às 18:24
Alterada por: Luciano Bender, em 23-03-2022 às 19:57
Modalidade: tradicional
Tipo de via: principal
Face: nordeste
Tipo de escalada predominante: agarras
Extensão: 405 metros
Data da conquista: 22/11/1997
Descrição: Belíssima via, que passa pela aresta nordeste da montanha. Bem protegida, em agarras, com sua enfiada mais difícil cotada em VI.

Para chegar à base da via, suba a canaleta, vire à direita na bifurcação e vire novamente à esquerda, até a aresta. A via começa por uma pequena fenda. Depois, lances de quinto grau em agarrinhas - depois as agarras ficam maiores. O crux fica na segunda enfiada, um lace de sexto grau bem protegido, com algumas agarras de mão e muito pouco para o pé... Depois do crux a via segue praticamente em quarto grau e à medida que a parede fica positiva, passa para um terceiro, depois um segundo, fechando com um costão já próximo do cume.

A distância entre os grampos também começa a ficar maior à medida que o grau de dificuldade começa a cair, mas nada crítico, basta seguir a linha natural da via pela crista da montanha.

A descida pode ser feita pelo vale à direita da parede. Basta descer do cume pela trilha, passar pela cerca de arame farpado e descer o vale. Seguindo para baixo, sai na base das vias. Não tem muito erro e evita a favela que fica no outro lado. Também é possível a descida por rapel.

HISTÓRICO:
A via foi iniciada na década de 60 por Dirceu Gouveia, quando então se tratava de uma "via ferrata" (com cabo-de-aço) - ocasião em que atingiu 100 metros de extensão. Posteriormente, Luciano Perez e Nelsinho começaram a preparar a via para que pudesse ser escalada em livre, que pararam em determinado ponto. Mais tarde, André Ilha e Ricardo de Moraes, com a ajuda de Luciano, retomaram a conquista, regrampeando os lances e removendo o cabo-de-aço já podre.
Fonte: ASSAIFE, André Costa; SILVA, Monique das Neves. Guia de Escaladas do Grajaú. Rio de Janeiro: Ed. dos autores, 2005; relato de Mauro Chiara.
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Encontrou algo errado? Clique aqui

Outras vias cadastradas neste local

A Esperança é a Última que Molha
IVsup
Acessar
Caminho da Suavidade
D1 4º IV E3
Acessar
Canto das Andorinhas
III
Acessar
Paredão CEB 60
D2 5º VI E2
Acessar
CERJ 70
D3 5º VIIa E3
Acessar
Dança com Sol
D2 6º VI (A0/VIIc) A0 E3
Acessar
Variante Direta
IV
Acessar
Edmundo Braga
D2 3º IIIsup E3
Acessar
Epicondilite
IIIsup
Acessar
Face Norte do Perdido do Andaraí
D2 3º IIIsup
Acessar
Variante Fantasma
V
Acessar
Paredão Grajaú
VI
Acessar
Grampenstein
D2 3º IVsup E2
Acessar
Variante da Ilusão
II
Acessar
João Pedro Vergnano
D2 4º VIIa E2
Acessar
Lá Vem o Sol
D1 4º IVsup E2
Acessar
Ligamento Colateral
IV
Acessar
Via Maktub
D1 4º Vsup E2
Acessar
Marielle Presente!
D2 5º VI E3
Acessar
Mentirosos e Manipuladores
D2 5º VIIb
Acessar
Variante Norte
IIIsup
Acessar
O Som do Silêncio
D2 4º VI E2
Acessar
Parece Verídico
IV
Acessar
Quarentena
D3 6º VIsup (A0/VIIIa) A0 E1
Acessar
Ressonância Magnética
VIsup
Acessar
Rio Eco 92
D2 5º VIIa E2
Acessar
Paredão Segala
III (A1/VI) A1
Acessar
Síndrome do Túnel do Carpo
IV
Acessar
Variante Solo
IV
Acessar
Paredão Vikings
III
Acessar