Escaladas.com.br

Até o momento, temos 8.808 vias cadastradas em 1635 locais de 405 cidades de 24 estados brasileiros.

Dados da Via Minas Gerais > Além Paraíba > Morro do Diedro Vermelho > Diedro Vermelho

Ampliar imagem Diedro Vermelho
Rodolfo Campos na conquista do "Diedro Vermelho".
Foto: André Ilha.
Ampliar imagem Diedro Vermelho
André Ilha na conquista do "Diedro Vermelho".
Foto: Rodolfo Campos.
Diedro Vermelho Imprimir informações da via
3º V D2
Cadastrada por: Luciano Bender, em 24-05-2023 às 16:45
Alterada por: André Ilha, em 26-03-2024 às 20:25
Modalidade: tradicional
Tipo de via: principal
Face: oeste
Tipo de escalada predominante: diedro
Extensão: 215 metros
Descrição: Suba um longo costão (I) e dê segurança de platô no final (P1).

Ande para a esquerda nesse platô, meio em vegetação, meio em lances fáceis isolados, passe pela base da Variante "Hipertemia" e pare na base de um diedro em rocha cinza voltado para a esquerda (P2).

Suba esse diedro (II), que tem um final em vegetação um pouco instável, e faça uma parada em um óbvio bico de pedra na base do grande diedro vermelho (P3).

A enfiada seguinte é o filé da via. Comece por fendas fáceis, com boa proteção em friends pequenos e médios, e chegue a um ponto em que a fenda se alarga muito e há um grampo. A partir daí, suba em oposição, costure um segundo grampo e continue em oposição (crux). Costure um Camalot 5 e chegue ao final do diedro, sob um imenso teto que se estende para a esquerda. Então prossiga por uma horizontal fácil, porém pouco protegida, para a esquerda até chegar a dois grampos (P4).

Siga para a esquerda pela fenda de baixo de duas fendas paralelas (a de cima é muito larga) com proteção em friends pequenos e médios. No final, um lance de agarras delicado leva a uma parada móvel com friends (P5).

A enfiada seguinte é bem curta: travessia para a esquerda e depois subida até um diedro voltado para a esquerda, na base do qual é feita nova parada móvel (P6).

Suba o diedro e faça exótica passagem em horizontal para a direita sobre uma imensa raiz até chegar a boa árvore, onde termina a via (P7).

Para descer, vá até o topo da parede, ande para a direita por algumas dezenas de metros e rapele com duas cordas de 60 m de uma grande árvore situada exatamente sobre o diedro. O segundo e terceiro rapéis também serão feitos em árvores.
Equipamento mínimo necessário:
  • 2 cordas de 60 m
  • 1 jogo de Camalots do .3 ao 5.
  • 1 jogo de microfriends
Data da conquista: 08/10/2005
Conquistadores (em ordem alfabética):
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Encontrou algo errado? Clique aqui

Outras vias cadastradas neste local