Escaladas.com.br

Até o momento, temos 6.758 vias cadastradas em 1365 locais de 360 cidades de 24 estados brasileiros.

Dados da Via Rio de Janeiro > São José do Vale do Rio Preto > Morro da Maravilha (Poço Fundo) > Fissura em THC

Ampliar imagem Fissura em THC
Detalhe dos setores do Morro da Maravilha, com a indicação da via "Fissura em THC" ( "Setor 4", via nº 3).
Ampliar imagem Fissura em THC
Gabriel Fonseca na Fissura em THC. Foto: Antonio Paulo.
Fissura em THC
Croqui com a indicação da via "Fissura em THC" (nº 3).


Ver croqui no tamanho original

Imprimir croqui
Fissura em THC Imprimir informações da via
D1 5º VIsup E3
Cadastrada por: Luciano Bender, em 02-11-2019 às 17:16
Modalidade: tradicional
Tipo de via: principal
Face: leste
Tipo de escalada predominante: fissura
Extensão: 100 metros
Descrição: Aberta nos anos 90, o que mais chama a atenção na via é uma fissura em arco para a direita. Estando na base da parede de frente para a fissura, chega-se a base da fenda por uma pequena trilha à direita da mesma. A via começa com um diedro em oposição clássica, IV grau, protegido em Stoppers de médios a grandes e/ou Friends médios e pequenos. A oposição termina numa pequena chaminé horizontal, com cerca de 7m, e passadas de III grau, protegida preferencialmente por TCU's e Friends pequenos. Na saída da chaminé você irá encontrar um grampo de 1/2", onde se sugere parar por conta do forte atrito da corda, ficando com o esticão com cerca de 25m. A partir daí, começa a segunda enfiada que, apesar de curta, é o crux da via. Saia para a direita acompanhando um tetinho que está logo acima. Na base de uma grande laca há um piton, costure e siga na direção da laca. Ao catar na laca, faça-o com "carinho", pois ela é meio oca apesar de aparentar firmeza. Siga os grampos até a base de uma canaleta e pare neste ponto. A partir daí, suba a canaleta protegendo com TCU's e, de preferência, Tricams pequenos. A canaleta é meio cega para proteger. Lance de IV corajoso. Recomenda-se parar no final da canaleta pois, a partir daí, os lances ficam muito grandes e foi feito apenas um acesso ao final da parede. Não é difícil, mas nem se pode pensar em cair. Para descer, são necessárias duas cordas. A extensão da via é aproximada.
Fonte: Marcos Madeira
Equipamento mínimo necessário:
  • Stoppers de médios a grandes e/ou Friends médios e pequenos
  • TCU
Conquistadores (em ordem alfabética):
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Encontrou algo errado? Clique aqui

Outras vias cadastradas neste local

Variante A Buça Dentuça
VIIa
Acessar
A Coisa
VIIb
Acessar
A Moita dos Calangos
4º V E2
Acessar
A Vaca Voadora
VIIIb
Acessar
Águas de Março
3º III E2
Acessar
Variante Cadaverina
VI
Acessar
Com Cuspe e Jeito
V
Acessar
Coq au Vin
VIIa
Acessar
Depois da Chuva
V
Acessar
Variante Diabo Verde
VIIb
Acessar
Dom Balalão
VIIb
Acessar
É o Capetão
D1 5º V E2
Acessar
Variante Espírito da Coisa
VIIIa
Acessar
Feijão da Dona Olívia
D1 4º V E2
Acessar
Variante Fissurim
VIIb
Acessar
Gato Pacato
VIIa
Acessar
Jardins Suspensos do Poço Fundo
2º IV E2
Acessar
Variante Lance do Chiquinho
VIIIa
Acessar
Lance do Marcelinho
VIsup
Acessar
Variante Lasanha
Vsup
Acessar
Variante Legião Estrangeira
VIIc
Acessar
Macacos no Sótão
7º VIIa E2
Acessar
Marmota Idiota
D1 3º IV E2
Acessar
Matita Perê
4º IVsup
Acessar
Meu Negócio é Quenga
VI
Acessar
Paredão Micuim
4º V E2
Acessar
Variante Moby Dick
VIIb
Acessar
Paredão Mordomia
D1 4º VIsup E2
Acessar
Na Sombra do Guapuruvu
IV
Acessar
Paredão Nubrina
VI
Acessar
Variante O Intragável
VIIc
Acessar
Obrigado, Senhor
2º IV E3
Acessar
Paredão Poço Fundo
D1 4º V E3
Acessar
Queijo Suíço
D1 5º VIIa E4
Acessar
Variante Rabo do Capeta
VIIIa
Acessar
Ratos no Porão
VIIc
Acessar
Sapo Peçonhento (Projeto)
VIIa
Acessar
Só no Forévis
V
Acessar
Tião Gavião
D1 6º VIIc E2
Acessar
Paredão Tira-gosto
D1 3º IV E3
Acessar
Variante Vaginal
VI
Acessar
Variante Coisas do Espírito
Xa
Acessar
Variante Scapolips
IXc
Acessar
Variante Zurrapa
VIIc
Acessar